Rostos de felicidade e muita alegria coroaram o seminário do fechamento do projeto “Juventude e Trabalho: Plataforma para o Futuro”. Trinta jovens receberam, na quarta-feira 1 de junho de 2016, seus certificados de conclusão dos cursos de Gastronomia e Culinária, e Empreendedorismo. Além da certificação, também foram apresentados os resultados obtidos durante o decorrer do projeto.

Se o objetivo do projeto era contribuir para a capacitação de 80 jovens, conseguimos superar amplamente esse objetivo: foram capacitados 106 jovens”, enfatizou o coordenador do projeto, Jean Pierre Tertuliano Câmara. Outro resultado foi a inserção de 35 jovens no mercado de trabalho (formal e informal), ultrapassando a meta de 20 jovens inseridos. O projeto foi desenvolvido pelo Centro Nordestino de Medicina Popular com patrocínio da Petrobras.

O seminário também foi uma oportunidade de juntar as quatro turmas formadas nesse período de dois dois anos de duração do projeto. Na terça-feira, 31 de maio de 2016, os e as jovens se encontraram com o objetivo de conversar e intercambiar ideias sobre algumas temáticas relevantes para a juventude como: família, trabalho, sexualidade e amizades. Esse dia serviu, também, para que os e as jovens falassem das dificuldades para se inserir no mercado de trabalho. Algumas das dificuldades assinaladas foram: falta de oportunidades, inexperiências, falta de qualificação profissional, pouca confiança por parte do empregador, insegurança do empresário em contratar jovens, dentre as mais importantes. Porém, as dificuldades sempre são uma boa oportunidade para pensar alternativas; assim, os e as jovens procuram ter mais conhecimentos, ampliar as redes de amizades, não desistem de enfrentar os obstáculos e de ir atrás de seus objetivos, como formas de superar aquelas dificuldades. 

Por último, a jornada foi aproveitada para refletir sobre os aprendizados dos cursos. De que forma esse projeto contribuiu para sua formação, pessoal e profissional? Foi a pergunta que trabalharam em grupos as quais, foram apresentadas no seminário do seguinte.

A quarta-feira, 01 de junho de 2016, começou com uma música de Gonzaguinha (Vamos à luta – Eu acredito na rapaziada) que fala da força da juventude. Depois, os diferentes grupos apresentaram o trabalhado o dia anterior, mediante desenhos e pequenas peças de teatro. Reeducação alimentar, boas práticas alimentares, melhoras na prática culinária, trabalho em grupo, enriquecimento dos currículos, noções de montar o seu próprio negócio, responsabilidade, empreendedorismo, ter força de vontade, disciplina, habilidade na cozinha, assepsia no trato dos alimentos foram alguns dos aprendizados que os e as educandas levaram consigo.

Antes da entrega dos certificados, formou-se uma mesa com representantes das educandas, as organizações parceiras, a representante da Petrobras que patrocinou o projeto e o coordenador do Projeto. A mesa foi composta por: Ana Cláudia - Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação do Assú, Juliana Oliveira - Coordenadora do Acessuas Trabalho/Secretaria de Assistência Social de Guamaré; Suzanira Pareira – Professora e da Articulação Popular de Saúde do Município de Assú; Rafaela Alves de Souza - Relacionamento Comunitário/PETROBRAS. Não conseguiram estar presentes mas deram uma grande contribuição para que o projeto acontecera: a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, através da Professora Marlúcia Barros Lopes Cabral, e Fernando de Sá Leitão, Gestor do SEBRAE Regional de Assú.

Maria Cleide, aluna do curso no município de Assú, afirmou que “com o curso aprendi mais um pouco, estou comercializando encomendas graças ao curso”. Do Alto do Rodrigues, a aluna Solange agradeceu a todos pela possibilidade de se formar e colocou a dificuldade de continuar com a produção de alimentos no lugar onde mora: “fiz sopas mas tive que parar porque não estava dando certo”. Por último, a aluna Sara do projeto em Guamaré ressaltou a importância da formação já que “estou pondo em prática o que aprendi, fazendo doces, bolos, salgados e vendendo”.

Finalmente, os e as jovens receberam seus certificados. Não faltaram as fotos com os diversos partícipes do projeto, os agradecimentos, os sorrisos e as salvas de palmas para cada um e cada uma que, com tanto esforço, conseguiu se formar para ter mais possibilidades no mercado de trabalho.  

Boletim De Volta às Raízes

20080110125352

Notícias

 

//
Google Analytics Alternative