Para dar visibilidade a violência contra às mulheres, o projeto “Mulheres sertanejas na luta” organizou uma Tribuna Cultural no dia 2 de dezembro, no povoado do Jacaré, município de Ouricuri. Durante o evento, aconteceram a exposição “História das mulheres pernambucas”, roda de poesias, panfletagem e filme. Mais de 50 pessoas entre homens e mulheres participaram das atividades, e assistiram o filme “Que horas ela volta?”.

 

O evento foi realizado pelo Centro Nordestino de Medicina Popular com as parceiras do Fórum de Mulheres do Araripe e Associação dos/as Agricultores/as, e com apoio financeiro de Pão para o Mundo (PPM).

O projeto “Mulheres sertanejas na luta” é realizado pelo CNMP e tem como objetivo contribuir para a realização de direitos das mulheres no Sertão do Araripe-PE. Neste sentido, realizam-se ações que envolvem três eixos: formação, comunicação e incidência política. Algumas das atividades que se desenvolvem são: oficinas com mulheres, ações na via pública e visitas ao Centro de Orientação e Aconselhamento em DST/AIDS em Ouricuri, dentre outras.

Boletim De Volta às Raízes

20080110125352

Notícias

 

//
Google Analytics Alternative