Durante os dias 29 e 30 de agosto, no Recanto dos Pescadores em Olinda, o Centro Nordestino de Medicina Popular realizou o primeiro módulo da formação em Sistemas Alimentares Sustentáveis. Nesses dois dias, trabalhamos uma primeira aproximação às diferentes etapas do sistema: produção, abastecimento e consumo de alimentos. O foco foi a questão da lideranças, com suas caracterísitcas e diferentes perfis, assim como o conceito de incidência política.

Com o objetivo de formar novas lideranças, participarão pessoas de Paulista, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Recife, Chã Grande, Gravatá, Pombos, Camocim de São Félix, Caruaru. Também contamos com a presença do Movimento de Mulheres Trabalhadoras Rurais (MMTR), da ONG Diaconia e do Movimento de Trabalhadores/as Rurais Sem Terra (MST), que contribuiram de forma superlativa nas discussões sobre as temáticas trabalhadas.

O próximo módulo acontecerá durante os dias 30, 31 de outubro e 1 de novembro, no município de Chã Grande, onde além da formação, visitaremos um sítio para aprofundar mais sobre a produção de alimentos.

A ação foi promovida pelo projeto “Caminhos para a Alimentação Saudável” que, com apoio de Misereor, visa “Contribuir para a garantia do Direito Humano à Alimentação Adequada e Saudável com enfoque nos sistemas alimentares sustentáveis na Região Metropolitana do Recife e Agreste de Pernambuco”.

Boletim De Volta às Raízes

20080110125352

Notícias

 

//
Google Analytics Alternative