É sempre bom lembrar o legado de Ana Primavesi🍃🍃🍃

Sextooouu… E nós estamos como? Marque aqui nos comentários como está seu astral nessa escala descontraída inspirada em fotos da nossa eterna Ana Primavesi.

A propósito, você conhece Ana Maria Primavesi? Uma mulher muito especial, filha de agricultores que contribuiu muito com a história da agroecologia.

Nascida em 1920, a pesquisadora se debruçou sobre a terra para estudar a vida e encontrou na ciência a confirmação da sabedoria dos povos originários sobre a importância da preservação da biodiversidade.

Na Áustria, seu país de origem, ela aprendeu desde cedo o amor pela terra através de seus pais. Tornou-se engenheira agrônoma, foi perseguida pelo nazismo e presa em campo de concentração na Segunda Guerra Mundial.

Veio para o Brasil e dedicou sua vida ao saber científico dos solos e toda sua relação com a vida, sendo inspiração e ao mesmo tempo militante das lutas em defesa da natureza e do povo do campo.

É autora de vários livros, entre eles, o clássico “Manejo Ecológico do Solo”, que inspirou as bases para o movimento agroecológico. Ela faleceu em 2020, faltando poucos meses para o seu centenário.

“A terra é a base de toda a vida… Você tem que ver o mundo inteiro como um conjunto”, dizia Ana Primavesi.

Nós continuaremos honrando seu legado, com profunda gratidão por toda sua contribuição, que nos inspira e nos encoraja a seguir em frente!

#repost@ana_agroecologia

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *