NOTA DE REPÚDIO AO DESPEJO DO CENTRO DE FORMAÇÃO PAULO FREIRE

 

O Centro Nordestino de Medicina Popular (CNMP) repudia veementemente a ordem de despejo do Centro de Formação Paulo Freire, mantido pelo MST no Assentamento Normandia, em Caruaru. A ordem foi solicitada pelo INCRA e aceita pelo juiz da 24ª Vara Federal de Caruaru. Toda nossa solidariedade ao MST e aos que fazem e fizeram parte do Centro de Formação Paulo Freire, uma importante instituição na formação e fortalecimento dos que lutam pela cidadania, pelo direito humano a alimentação, que implica no acesso à terra e à água, e ao ambiente saudável e equilibrado. Ressistiremos juntos aos/as companheiros/as do MST, semeando a esperança por uma sociedade mais justa, livre e solidária.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *